Ano Novo... Merdas novas e a mesma merda...



Estamos quase no "próximo" ano e cheira-me que a "merda" vai ser a mesma, ou pior... Vai ser o mesmo ano de merda, com a mesma mentalidade de merda, com os mesmos políticos de merda, com as mesmas pessoas de merda, com a mesma televisão de merda, com o mesmo frio de merda, com o mesmo calor de merda, com os mesmos empregos de merda... Enfim, a mesma merda de sempre mas com a diferença de 2010 passar a 2011. Agora digam-me, por que é que insistimos em desejar um BOM ANO aos outros, se já sabemos que vai ser a mesma merda de sempre e, se não o for, é porque será pior?!

Que gaita! Estaremos nós institucionalizados nesta merda de comportamentos de merda?  Ao que parece a gasolina vai já subir outra vez, já vai na 873976549649764976 vez nestes últimos 6 meses... O pão, leite, fruta e etc também vão aumentar já em Janeiro. O Sócrates, ao que parece, não vai morrer tão depressa nem vai sair do poleiro (Azarinho para nós)...

 Aliás, o Sócrates vai continuar a ser o mesmo "pombo"a cagar para nós desde lá de cima, literalmente. Será que ninguém lhe dá um tiro na asa e lhe acaba com o esvoaçar?! Por acaso sabem se se acabaram os "cravos" na revolução de 25 de Abril de 74? Não haverá mais cravos por aí? Tudo o que vejo agora, em vez de cravos, é escravos...

Adiante...


Bom Ano?


Mas ainda estão com essa ideia fixa de desejar um bom ano?! É óbvio que não vai ser! As pessoas ainda pensam que quando os ponteiros do relógio ultrapassarem a meia-noite vai acontecer um milagre como nos filmes de desenhos animados, em que os ratos se transformam em cocheiros, os sapos em príncipes e o bem vence o mal... Esperem por isso. No outro dia nada irá mudar, irá ser tudo igual...

Ainda um amigo me confidenciava, há pouco, que gostaria que a sua mulher, no dia seguinte (do ano novo), se parecesse com a Pamela Anderson (antes de ser velha e mais rodada que os motores da Mercedes) e realizasse, com ele, todas as posições do Kama Sutra. Espera sentado, abelha... Já uma amiga me dizia que esperava que o marido acordasse com a pila do tamanho da de um grilo "isso é que seria um início de bom ano", diz me ela... Yah, espera por isso amiga, não lha cortes tu.

Já me perguntaram o que é que eu desejava para o ano, mas eu não desejo nada, para mim não existe um "próximo ano", só um "próximo dia". Os "anos novos", para mim, são iguais ao litro; quero é que morram e não me chateiem.

A única diferença que a noite da passagem de ano tem de diferente das outras restantes noites do ano, é que se bebe muito mais, se morre também mais, se fazem maiores figuras de urso e onde se gasta mais dinheiro desnecessário. O meu conselho a todos é que façam o que TODA a gente burra faz: bebam muito, tipo esponjas, e vão conduzir, para assim ceifarem a vida a outras pessoas que não têm culpa da vossa estupidez...

Não vou desejar um bom ano novo a ninguém porque não irá ser, e eu gosto de ser honesto, mas desejo que tenham juízo e que se divirtam de forma salutar.

Especial de Natal...


    Cá estamos nós no Natal... Que bom que é o Natal. Nesta época, todos fingem que gostam e que se preocupam com toda a gente... É deprimente.

    Eu gosto do Natal,  não gosto é da falsidade de sentimentos que ele engloba. Passa um ano que não há um único artista que me telefone ou envie uma mensagem a perguntar se estou bem, mas no Natal... lembram-se. E se fossem para a c*** da vossa mãe?! Acho que é o que faziam melhor.

    Nesta altura do ano é que também todos se lembram que existem pobrezinhos e sem-abrigo... Todos lhes querem proporcionar um jantar e um almoço digno. E onde é que vocês, seus Madres Teresas, andam durante os 360 e tal dias do ano? Aí já não se importam se as pessoas comem as refeições ou não... 

    É o que dá estarem todos muito atarefados a passar por cima das outras pessoas só para atingirem os objectivos desejados: ficarem cheios do vil metal e completamente vazios de sentimentos... Para vocês, vão mamar na 5ª pata do cavalo... Que sejam possuídos por um burro com cio.

    Dia 25 não deveria ser celebrado como o "dia de Natal", deveria celebrar-se como o "dia dos hipócritas".

    Sabiam que as criancinhas que não têm famílias, ou que as têm mas são pobres, vivem dificuldades todos os dias do ano? Quem não sabe disto que vá para o cara***! Patetas de merda!

    Muitas pessoas deveriam era ter vergonha nas *fronhas que ostentam todos os dias na rua.

    E que dizer dos Natais dos Hospitais e dessas tretas todas? Só há doentes nos hospitais no Natal? Se assim fosse é que era bom... Espero é que não coloquem as pessoas que estão ligadas às máquinas a curtirem as músicas do Toy ou da Ágata, temo que não aguentariam ouvir mais do que um ou dois acordes daquele barulho a que alguns apelidam de música.

A imagem do cãozinho e do gatinho, que está no inicio deste post, é só dedicada àqueles que pensam nos outros "sempre", e não só no Natal. Para aqueles que só no Natal é que se lembram que existem pessoas pobres, fica esta imagem:


Que tenham um Natal cheio de merda bem fresquinha.

Curiosidades:

1- Por que é que chamam "homem" a uma pessoa com 30 anos e ao "menino Jesus", que já tem 2011, lhe chamam de "menino"?

2- Por que é que chamam "Pai Natal" a um tipo de bigode que mais parece um avô?


(Resumindo e concluindo)

Desejo a todas as boas pessoas (aquelas que sabem que há carenciados todos os dias do ano, que se importam com eles e, de alguma forma, os tentam ajudar) um feliz Natal, perto dos que mais amam.

Para os hipócritas, se pudesse, oferecia-vos uma corda de nylon para que a colocassem ao pescoço e se pendurassem da árvore mais alta que encontrassem...

*Fronha = Cara

Andreia Leal não pode ganhar 1000 € por mês.



De "alma lavada" e pronta para tudo. Andreia Leal, a concorrente que abandonou a ‘Casa dos Segredos' no domingo, diz que gostava de vir a fazer televisão, mas adianta que, se tal não se concretizar, volta à vida de acompanhante de luxo.

"Quero fazer a minha carreira a ajudar pessoas e gostava de ter um programa de televisão que abordasse casos de vida complicados, como o meu, mas se não tiver outra alternativa e perspectivas profissionais não me custa nada pegar na mochila e correr mundo outra vez. Tenho muitas despesas e não posso cruzar os braços. Não posso ganhar mil euros por mês", afirma a ex-concorrente que durante os oito anos em que vestiu a pele de Viviana - nome de código - chegou a ganhar 40 mil euros por mês.

"Comercialmente sou muito boa e tenho clientes em qualquer sítio do mundo", diz Andreia, acrescentando: "Se nunca tivesse ido para a ‘Casa dos Segredos', a esta hora estaria no Dubai, onde se ganha muito dinheiro."

Apesar de ter deixado a profissão há cerca de um ano, a ex-concorrente de 37 anos diz que por vezes sente saudades de toda aquela envolvência: "Há um glamour à volta disto que mexe muito connosco e que nos faz sentir importantes, até porque leva a que a gente perceba de tudo, petróleo, bancos, política ou futebol."

Sobre a relação com Pinto da Costa, diz que é um assunto para esquecer. "Foi amor, mas não quero falar mais nisso. Ele tem a sua mulher e não quero confusões para o meu lado. Homens casados não me interessam", conta.
(In Correio da Manhã)


Meus caros "Chachadistas", e isto é para aqueles que não são Portugueses... Cá em Portugal implementou-se a ideia de que, para uma mulher dita normal poder auferir um bom ordenado, ou tem de "aparecer" na T.V., ou tem de ser prostituta. Esta Andreia Leal é o exemplo disso.

Nesta espécie de entrevista que ela deu, diz que  "Quero fazer a minha carreira a ajudar pessoas e gostava de ter um programa de televisão que abordasse casos de vida complicados, como o meu (...)"... Ó Andreia, o teu caso de vida não é nada complicado. Tu é que foste preguiçosa e quiseste andar por esse Portugal fora a abrir as pernas a toda a gente para que, a troco de dinheiro,  te metessem o nabo nos 3 buracos... 


Complicado é trabalhar todos os dias e a ganhar uns míseros 450€; isso é que é complicado, mas digno.


 "Comercialmente sou muito boa e tenho clientes em qualquer sítio do mundo". Em qualquer sítio do Mundo duvido que tenhas saída, só mesmo em Portugal é que te safas. Aqui, os homens são pouco exigentes, qualquer coisa serve desde que pareça mulher... Até pode ter bigode...


A Andreia Leal faz-me lembrar aqueles aspiradores da "Quirby" que o vendedor diz que são "muita bons", mas têm defeito, do género daqueles que rebentam na cara de alguém ao ponto dessa pessoa ficar irreconhecível. A Andreia, se deixasse crescer o bigode, ficaria parecidíssima a um professor de matemática que tive no 5º ano. Acho é que ele não se prostituía... Aliás, reformulo, ele não acompanhava ninguém...

"Há um glamour à volta disto que mexe muito connosco e que nos faz sentir importantes, até porque leva a que a gente perceba de tudo, petróleo, bancos, política ou futebol.". Pois é, ao que o Chachada apurou, parece que a Senhora Andreia vai começar a percorrer as escolas de Portugal, de Norte a Sul, para incentivar as criancinhas a deixarem a escola - onde, pelos vistos, não aprendem nada - e passarem a prostituir-se, para se sentirem importantes e aprenderem muitas coisas, como de petróleo, bancos, política e futebol... Ser-se digno e respeitável, hoje em dia, são valores que estão sobrevalorizados.

A culpa desta gente ser "conhecida" e achar que tem uma opinião de "valor" é de quem lhe mete os microfones à frente. Eu já estou como o outro, se os jornalistas "não têm mais nada para dizer e continuam a escrever, é um crime. Porque não têm o direito de continuar a escrever se não têm nada para dizer".

Triste Portugal...

Prostitutas fogem da crise


ATENÇÃO Leia, por favor: este "post" tem linguagem eventualmente chocante, nua e crua. Se fores jovem, com menos de 18 anos, não leias... Mas se o leres, é sinal que o sabes fazer. Portanto, a escola, afinal de contas, sempre serve para alguma coisa...

Não percebo nada disto... Então "Há muitos clientes, mas menos dinheiro"? Os clientes devem lá ir só para jogar às cartas... Eu ía; adoro jogar ao jogo do "burro".  Sempre pensei que as pessoas pagassem às prostitutas para jogarem às cartas, ou outros jogos didácticos...

Lá mais para a frente, na notícia, uma jovem trabalhadora diz o seguinte:

"ANTES GANHAVA 15 MIL EUROS POR MÊS"

"Em Portugal, a única coisa que dá dinheiro é a prostituição, diz Tatiana (nome fictício), uma brasileira de 38 anos, enquanto lamenta a redução dos rendimentos provocada pela crise económica e a discriminação a que estão sujeitas as prostitutas no nosso País."

Segundo a Tatiana (nome fictício), em Portugal o que "dá dinheiro é a prostituição". Só vem provar que lá por se ser "puta" não significa que não se possa juntar "dois mais dois" - se bem que no trabalho delas 2+2 podem dar 3, ao fim de 9 meses. Agora já sei por que é que sou pobre: não me prostituo... Quer dizer... A minha namorada, às vezes, até me paga...

Depois, um facto que me faz chorar sempre que me lembro é quando as prostitutas são discriminadas... Discriminá-las não se pode, porque elas não toleram! Mas chamá-las de "putas", sim, não é ofensa nenhuma.

É sabido que estas mulheres sofrem muito - devem apanhar com cada porco mal formado...   Mas também só o fazem porque querem; não se engravida a lavar escadas, ou a trabalhar em escritórios - desde que não seja o do Tomás Taveira...

O pior de tudo isto, e sei-o porque oiço contar pelos meus amigos que são frequentadores de bares de alterne, é que parece que há por aí muita prostituta que tem "pila"... Pila mesmo verdadeira, daquelas que fazem chichi e podem fazer filhos. Segundo diz um dos meus amigos, um "expert" dessas andanças, ou um Doctor House dos Bares de Alterne, como preferirem,  "Se forem ao cu a alguma puta, certifiquem-se que ela não tem pilinha!".

Eu nem quero imaginar a quantidade de homens que por aí há, que se acha muito macho,  e no fim já abafou o rabo a um do mesmo sexo... Tenho a certeza que alguns devem ter achado estranho verem a tampa da sanita levantada quando a gaja com pila foi à casa de banho... É um fartote.

Um tipo sociável está sempre a aprender nesta vida... Gajas com pilinha... O que eles haveriam de inventar agora...

Baptizado acaba ao tiro e à facada


Que casamento emocionante!

Cometi um erro ao não ir "armado" para o baptizado da minha irmã e do meu sobrinho... Que pena, podia ter ido e ia ser uma autêntica festa.

Agora também já percebo o que é que se passa no Iraque e noutros países em que existem guerras e atentados à bomba... Aquilo não são Guerras, são baptizados ou, quiçá, casamentos. Estou desejoso que me convidem para o próximo baptizado ou casamento... Óh se estou...

E deixo já um aviso à tripulação: quando eu casar estão proibidos de ir desarmados! Quero toda a gente armada até aos dentes! Só não é permitido levar facas ou punhais com menos de 15 cm de comprimento. Parece que já estou a ver a minha esposa... Cinto de granadas de fragmentação, cuecas blindadas, e véu feito em saco de plástico, para asfixiar alguém.

Eu vou de fato... Não posso levar muitas armas comigo porque a minha terceira perna dá-me 3 voltas à cintura e abotoa na perna... Vou só levar uma gravata de C4 com detonador à distância e uma magnum (do género das que o Charles Bronson usava nos filmes) num coldre, posto à cintura.

Venham eles que eu estou pronto!

Bom fim-de-semana...

Meus caros amigos, peguei-me a uma constipação - o pior que pode acontecer a uma constipação é apanhar-me; é natural a minha ausência.

Desejo a todos um bom fim-de-semana!



Psycho Killer

Talking Heads

 I can't seem to face up to the facts

I'm tense and nervous and I can't relax
I can't sleep, 'cause my bed's on fire
Don't touch me I'm a real live wire

Psycho killer, qu'est-ce que c'est
Fa Fa Fa Fa Fa Fa Fa Fa Fa Fa Better
Run Run Run Run Run Run away
Psycho killer, qu'est-ce que c'est
Fa Fa Fa Fa Fa Fa Fa Fa Fa Fa Better
Run Run Run Run Run Run away

You start a conversation you can't even finish it
You're talkin' a lot but you're not sayin' anything
When I have nothing to say my lips are sealed
Say something once, why say it again?

Psycho killer, qu'est-ce que c'est
Fa Fa Fa Fa Fa Fa Fa Fa Fa Fa Better
Run Run Run Run Run Run away
Psycho killer, qu'est-ce que c'est
Fa Fa Fa Fa Fa Fa Fa Fa Fa Fa Better
Run Run Run Run Run Run away

Ce que j'ai fait, ce soir-là
Ce qu'elle a dit, ce soir-là
Réalisant, mon espoir
Je me lance vers la gloire
We are vain and we are blind
I hate people when they're not polite

Psycho killer, qu'est-ce que c'est
Fa Fa Fa Fa Fa Fa Fa Fa Fa Fa Better
Run Run Run Run Run Run away
Psycho killer, qu'est-ce que c'est
Fa Fa Fa Fa Fa Fa Fa Fa Fa Fa Better
Run Run Run Run Run Run away

Roberta Medina




 Esta afirmação tem a sua razão de ser.

Quem é que ainda não reparou nos quilos de pintura que a nossa querida Roberta Medina usa no rosto?  Salta logo à vista...

A Roberta, sem as pinturas, deve pesar menos 5kg, e deve parecer-se com outra coisa qualquer que não a Roberta Medina que todos nós vemos na televisão... Eu arriscava-me a dizer que ela sem maquilhagem é capaz de se parecer com o Príncipe Carlos (o de Inglaterra, aquele bonitão...).

 Pela lógica, se o namorado dela gosta dela sem maquilhagem, isso é bom... Mas assim também é lógico que o namorado dela goste do Príncipe Carlos...

Há mulheres que se pintam tanto que, eu ao falar com elas, estou-me sempre a tentar proteger de uma possível queda de uma orelha, ou de um olho de vidro. Talvez a única coisa positiva que haja numa mulher que se maquilhe com uns bons quilos de "pinturas" seja a parte em que o marido/namorado se pode gabar aos amigos, dizendo que se deita com uma mulher à noite e acorda de manhã ao pé de outra...

Deus (ou descendente dele) deixou-me uma mensagem no pára-brisas do meu carro.

 Como o Mundo tem sofrido grande evolução, Deus não quis ficar atrás e... Zás! Toma lá uma mensagem no pára-brisas do meu popó. A "mensagem" é esta aqui:


Esmiucemos então esta mensagem vinda dos céus...

Reparem que Deus é modesto, ele supostamente assume uma figura humana, no caso um Prof. Toura... Que não é "Toura" mas sim Deus, que está disfarçado de Professor Toura - eu sei que é repetitivo, mas é sempre bom reforçar este facto. Também podemos assumir que este Toura é um tipo normal... Façam como entenderem, mas mesmo que seja um tipo normal, parece mesmo um "Deus".

(vou assumir que é mais um Professor Bambo) Recordem aqui o original Bambo

 Então o Toura, especifica logo que é um montão de coisas (dá para ver tudo isso à medida que se lê o panfleto). Ele é:  astrólogo, cientista, espiritualista, vudu, canalizador, cangalheiro, médico, electricista, bailarino e mentiroso honesto... Fica-se logo a saber também que, se o Toura não for Toura e sim Deus, Deus é Africano - e a pergunta que me ocorre neste momento é "Terá ele 3 pernas?"

Adiante.

Entende-se (lê-se) também que o Toura tem "experiência adquirida em centros especializados em casos difíceis de resolver", e depois estão descritos os exemplos (mas a esses iremos depois).  Eu nem sabia que existiam "centros especializados em casos difíceis"... Aquilo deve ser do género, chega lá um tipo à sala de aula, onde estão os Touras e os Bambos a aprender, e apresenta-lhes um caso difícil para eles resolverem... Por exemplo:  (Paciente a apresentar o caso) "O Professor Vaca disse que curava o Sarampo ao meu filho, e ao invés disso, limpou-lhe o sarampo, cobrou 800 € e o enterro é amanhã. Aceitam cheques?". Realmente este caso é, e seria sempre, de difícil resolução... Mas pode-se sempre abrir uma excepção e aceitar-se um cheque...

Siga.

Vamos lá ver casos difíceis de resolver que o Toura dá como exemplo:   

  • "Juntar dois amores separados em menos de 24 horas" - Só não percebo aqui, tudo. Ele junta amores que estão separados hà  menos de 24 horas, ou junta amores em 24 horas? Se o Toura não especifica, o Toura "compilica"...
  • "negócios, invejas, maus olhados" - Se o homem trata de negócios difíceis por que é que o Sócrates não lhe deu a pasta "Freeport"? Assim, ele tinha tratado do negócio e estava tudo bem. 
No que toca a "invejas" - ele também cura invejas difíceis, mas não acho que seja muito difícil ter inveja... Até é muito fácil, não vejo qual a complicação...

"Maus olhados" - Eu hoje fiz um "mau olhado"... Passou por mim uma jovem loira, com grandes peitos e uma micro-mini-saia, e eu olhei mal... Gostava de curar isso. Para a próxima vez, quero um "bom olhar" na mulher que eu achar que deve ser bem olhada!

  • "Justiça" -  Saltei outros "casos difíceis" para chegar a este que me parece ser dos mais importantes... Então não é que o processo "Casa Pia" se arrastou durante anos e anos, e este Toura poderia resolvê-lo num ápice? Quiçá o resolvesse em ... 24 horas?! Então os tribunais queixam-se que têm o "sistema entupido" e arrastam processos durante anos a fio, e está aqui um tipo que os resolveria num abrir e fechar de olhos... Só neste País... Notem bem, ao mesmo tempo que o Prof. Toura tratava de alguns casos pendentes nos tribunais, poderia, ao mesmo tempo, tratar da impotência sexual dos juízes, advogados, etc... Não seria excelente? Assim, ficava o sistema Judicial desentupido, bem como os próprios magistrados e todo o staff interveniente nos tribunais.

Já quase para o fim do panfleto o Prof. Toura escreve que também "lê a sorte". Conheço muita gente que não tem sorte nenhuma, logo não se lhes poderia ler a sorte.

Que raio! O  prof. até faz previsão de vida! Só não percebo a parte em que ele escreve (...) "e futuro pelo bom espírito.". Cá para mim, isto é conversa de mecânico "Você tem a junta da cabeça suja, o distribuidor estragado, as velas não acendem e assim não se podem cantar os parabéns ", ou seja, um gajo não percebe nada!

Algo muito curioso é que ele faz os "trabalhos" à distância... Eu já o estou a ver a curar o cancro "Escreva no Microsoft Word novecentas e noventa e nove mil vezes a frase "Morra eu se não viver".

 Já quase no fim do panfleto diz que "É conhecido como um dos melhores profissionais do País"... Qual País? Estupidólandia, Parvalhónia? Espero ter a confirmação antes de "fechar" este post.

 E pronto, pelos vistos ele é o nosso "mestre" e termina dizendo que há "facilidades de pagamento" e deixando a sua morada. Se ele paga "facilmente", então falamos uma língua "entendível". Amanhã às 9 horas estou lá para receber...


P.S.1: O Prof. Toura, ou Deus (vosso senhor Jesus Cristo), queria mesmo comunicar comigo... É que deixou-me DOIS panfletos no carro - é porque queriam que a mensagem passasse... E passou - como é que ele adivinhou que eu precisava de alguém que me pagasse com facilidade umas centenas de milhares de €uros? Boas pessoas já vão escasseando neste Mundo.

P.S.2: Perdi muito dinheiro a jogar dominó num lar de idosos. O Sr Chico, um senhor que só mexia o pescoço, era muito ágil e sagaz no que ao dominó diz respeito...

P.S.3: Acabei de confirmar... O País dele situa-se no Hospital dos Capuchos, ala Psiquiátrica.

Concerto da Senhora Gaga em Portugal



Depois do concerto da Senhora Gaga, vi uma reportagem bem demonstrativa do que é o típico Português... Um fulano com os seus 40 e tal anos (50) é entrevistado e diz mais ou menos isto "O concerto da Lady Gaga foi o máximo. Aprendi a ser feliz!". Quarenta e tal anos de idade e foi preciso ir a um concerto da Senhora Gaga para aprender a ser feliz?! Espero bem que este fulano não tenha filhos...

Fico contente também por saber que a crise não afecta as pessoas todas que foram ver o concerto...
Fico assustado é como se conseguem "seguir" pessoas que não têm por hábito ter hábitos salutares... Aliás, que são um mau exemplo, desde o vestir, ao pentear e à personalidade que demonstram ter - a forma como se vestem ainda vá que não vá... 

No seguimento das entrevistas, que decorriam no exterior do local do concerto, outro senhor é entrevistado e diz que a Senhora Gaga lhe deu força e que lhe disse "don´t Broke". Mas que raio de força é essa? Para já "broke" pode significar "falido/falência"... Então a grande mensagem dela foi do género "Não entrem em falência!"?

Que raio! Se eu quisesse pescar, gostaria que me ensinassem a pescar, não me servia de nada dizerem-me "Vê lá se pescas" ou "Pesca muito".

É assim que se vê que qualquer coisa que se nos diga por pessoas que aparecem amiúde na televisão têm sempre um impacto demasiadamente exagerado - e sempre para o negativo. Não admira que as pessoas acreditem nos políticos... Quando estão calados ninguém acredita neles, quando eles começam a falar "directamente para nós", tudo é esquecido...

Lembro-vos que a Lady Gaga é uma simples cançonetista e, até mesmo como tal, não é lá grande espingarda. A única coisa que lhe aproveitava era as pernas... Mas lá está, aparece na televisão, portanto é importante... 

Vou-vos deixar também umas mensagens de apoio e que causarão, certamente, impacto nas vossas vidas: "Sejam felizes" "Comam bem" "Descansem muito" "Trabalhem Bem" "Sejam ricos" "Sejam boas pessoas"


P.S.1: Espero ter mudado as vossas vidas.

P.S.2: Para ela ter aquele cabelo com aquela cor... Quem é que lhe mijou para cima, o Shrek?

Bibá Pitta



UAUUUUUUU! A Bibá Pitta "até experimentou o escorrega...". Ena!

Existem pessoas bastante interessantes, com vidas bastante interessantes; a Bibá é o exemplo vivo disso. Para quem não reparou, o nome da senhora é fantástico e super original "Bibá Pitta"... Fica provado que ser-se original no nome não significa ter-se um nome bonito...

Depois, as notícias sobre a Bibá são todas do mesmo género: "Bibá anda de escorrega!"; "Bibá come sopa de cação em festa!"; "Bibá mija sentada!"... No fundo, o que querem dizer é que a Bibá é "muita porreira" porque não trabalha... Portanto, não esperem nenhuma notícia tipo: "Bibá cose um botão na camisa do marido!".

"O sorriso nos lábios é a imagem de marca de Bibá Pitta". Eu até acredito no que aqui está escrito... Acho que qualquer pessoa que nunca trabalhe, que participe em festas sem pagar um tostão, que tenha uma vida de luxo sem que para isso mexa uma palha... Bolas... Só pode andar com um sorriso nos lábios!

Depois falam em crise no nosso País... Se mais pessoas numa faixa etária entre os 20 e os 50 anos trabalhasse, em vez de andar de escorrega e a aparecer em festas - que em muitas das vezes nem sequer convite receberam - faziam muito melhor.

Eu até acho que a senhora nem quer aparecer nas revistas... Tem apenas azar. Vamos todos chorar.


Bom Fim-de-Semana


Kashmir

Led Zeppelin

Composição: Jimmy Page / John Bonham / Robert Plant



Oh, let the sun beat down upon my face
Stars to fill my dream
I am a traveler of both time and space
To be where I have been

To sit with elders of the gentle race
This world has seldom seen
They talk of days for which they sit and wait
When all will be revealed

Talk and song from tongues of lilting grace
Whose sounds caress my ear
But not a word I heard could I relate
The story was quite clear

Oh, oh, oh, oh

Oh, I been flying
Mama, there ain't no denying
Oh yeah, I've been flying
Mama, ain't no denying, no denying

All I see turns to brown as the sun burns the ground
And my eyes fill with sand
As I scan this wasted land trying to find
Trying to find where I've been

Oh, pilot of the storm who leaves no trace
Like thoughts inside a dream
Hid the path that led me to that place
Yellow desert stream

My Shangrila beneath the summer moon
I will return again
Sure as the dust that floats high in June
When moving through Kashmir

Oh, father of the four winds, fill my sails
Across the sea of years
With no provision but an open face
Along the straits of fear

Oh, oh, oh, oh

When I'm on
When I'm on my way, yeah
When I see
When I see the way, you stay, yeah

Oh yeah, yeah, oh yeah, yeah
When I'm down
Oh my baby, oh my baby
Let me take you there


Beijinhos para a minha bonequinha, a coisa mais preciosa que tenho.

Coincidências II (O regresso)

Dona de lar ilegal “está de consciência tranquila”


 A proprietária do lar ilegal de idosos na Charneca da Caparica, que foi encerrado pela Segurança Social na terça-feira, abriu a casa aos jornalistas, garantiu estar "de consciência tranquila" e sublinhou que "os quatro idosos falecidos tinham problemas de saúde". 
(In Correio da Manhã) 

Já por aqui tinha falado que não existem grandes, ou pequenas, coincidências... Uma coincidência é isso mesmo, uma coincidência, mas que as há, e esquisitas, ai isso há!

No mesmo dia, morrem 4 pessoas no mesmo lar? Só me falta dizerem que o número da porta era o "13"...

A proprietária do lar diz que está de consciência tranquila... Pudera, saíram 4 pessoas e agora, se bem calha, entram mais 4 ou 5. Morreram?! Para a dona do lar a resposta foi simples "estavam todos muito doentes", pois... Os nazis também disseram o mesmo dos Judeus; eles não os mataram, os Judeus é que estavam muito doentes... A doença era serem Judeus.

A culpa não é só da dona do lar ilegal, também é dos filhos que lá colocaram os seus pais, e da fiscalização que não fiscaliza. Porventura, os filhos, até foram muito bem tratados pelos pais quando eles mais precisavam (quando eram jovens), e agora a retribuição foi colocá-los num lar ilegal e sem condições, amontoados uns em cima dos outros.

Pelos vistos, no lar, havia 2 quartos e uma garagem - num estavam 8 mulheres e no outro 5 homens. Não sendo eu de intrigas, acho que os idosos que morreram estavam na garagem, seguramente, onde também ficava estacionada a carrinha funerária... Assim, sempre são transportados mais depressa para a cova.

Justin Bieber sem telemóvel!



Justin Bieber sem telemóvel: "A minha mãe cancelou-o"

Músico de 16 anos discutiu com a mãe e ela cortou-lhe as comunicações móveis.


Justin Bieber ficou sem telemóvel na sequência de uma discussão com a mãe, terá revelado o próprio. Segundo uma entrevista citada pelo blogger Perez Hilton, o cantor de 16 anos disse: "No outro dia, ela cancelou o meu plano de telefone. Discutimos sobre qualquer coisa estúpida e ela pediu-me para lhe dar o meu telefone, eu disse que não e ela cancelou-o".

Bieber - nomeado para dois Grammy deste ano: revelação do ano e melhor álbum pop vocal - confessou também que a mãe viaja sempre com ele e que têm discussões, "como qualquer pai e filho". O cantor disse ainda que às vezes precisa de um intervalo porque está com a mãe 24 horas por dia.
(in Blitz)

Ainda não percebi qual o interesse destas notícias... Se a notícia fosse do género: "Justin Bieber apanha mãe a ser possuída por um cavalo e dois anões. A mãe confessa: "nem vi os anões"...", isto sim era notícia!

Já as discussões entre eles parecem ser bastante interessantes... Eu aconselharia este tipo de revistas, ou de blogues, a passarem notícias, mas notícias mesmo. Quem é que quer saber quando é que o Sócrates se peida? Por falar em Sócrates, a única notícia que interessaria sobre ele, seria a da sua morte... O resto já não é notícia.

Fica aqui um último conselho para o Justin: olha, faz como eu, anda sempre com um isqueiro e um frasquinho de álcool no bolso... Assim, sempre podes comunicar fazendo sinais de fumo. Eu tenho utilizado essa técnica e tem dado mais ou menos resultado.

Por cá, ainda andam à procura de quem incendiou a mata... "Eu sei quem fui".

Acho é que estes jovens começam a alcançar o sucesso muito cedo... Ainda fazem cocó nas cuecas e já ganham milhões. Alguns miúdos ganham asas muito cedo, e isso não é nada bom. O normal é andarmos com os pés assentes na terra, não é a voar... Mas pior do que os jovens alcançarem o sucesso muito cedo, é terem pais que querem que isso aconteça. Ninguém nasce ensinado, aliás, quanto mais novos, mais burros somos. A adolescência serve para adquirirmos conhecimento em várias vertentes - social, escolar e individual, por exemplo.

O Justin, se fosse meu filho, fechava-o no quarto e perdia a chave. Tinha que levar uns bons açoites naquele rabo mal limpo, ai tinha, tinha. Vá estudar e cultivar-se como pessoa! Ainda vai acabar como muitos artistas, drogado e um viciado em tudo quanto não interessa... Vai ser mais um inútil que aproveitou mal o seu "tempo de antena".

Estou mesmo a ver, qualquer dia os bebés vão nascer a tocar piano ou a declamar poemas, ou então vão nascer trazendo já os seus próprios filhos/o...

O meu sonho sempre foi ter um filho que, quando saísse do buraco - aquele que é comum a todos nós -   dissesse, enquanto tirava os óculos de sol: "Cheguei! Cadê as garinas?!"... Ou então "Ó grilo, estás a olhar para onde?! Levas um pontapé no estetoscópio que ficas a cagar a tabela periódica completa!". Eu acredito que esse dia chegue, e quero estar lá para ver! Vai ser lindo, ai vai, vai...

Fica desfigurado em bar de strip

Fica desfigurado em bar de strip
Um homem de 44 anos ficou desfigurado após ter sido brutalmente espancado no clube de striptease La Rocca, ontem de madrugada, em Cascais. As motivações da agressão violenta são, no entanto, desconhecidas.


A PSP foi chamada ao local e, às autoridades, a vítima terá dito que foi arrastado por um dos seguranças do espaço, que, sem motivo aparente, o agrediu com vários murros e pontapés por todo o corpo, em especial na face. Os agentes da PSP ouviram várias testemunhas que ainda se encontravam naquele espaço, mas não procedeu a detenções.
Ao que o CM apurou, o homem é cliente habitual do estabelecimento e, segundo as mesmas testemunhas, não terá provocado quaisquer desacatos durante o tempo que permaneceu no clube.

 Bem... Um gajo já não pode ser freguês nas casas de strip. Hoje em dia, para lá se entrar paga-se e bem e, pelos vistos, ainda nos habilitamos também a levar no "trombil" se por acaso calharem a não ir com a nossa cara.


Eu até fico com medo. Então se o senhor era um "habitual cliente" eu nem quero saber o que aconteceria a um outro cliente que não fosse habitual... Por um lado, até é bem feito; também não percebo qual é a ideia de ir a um bar para ver gajas a mostrar as mamas e pouco mais... Primeiro, não lhes tocam (nas mamas e nas mulheres), depois, cada bebida são no mínimo 5€. Qual é a graça?


Hoje em dia, sair-se à rua já é um grande risco; sair à noite para nos divertirmos, ainda mais. 


Falemos dos "gorilas" que fazem a segurança a esses sítios... Alguns, parecem pequenos chaimites conduzidos por crianças de 3 anos sem coordenação motora. Aquelas cabecinhas estão vazias de massa cinzenta. Aliás, deveriam ter uma placa na cabeça a dizer "arrenda-se espaço".


O pior disto tudo é que não se fiscaliza nada. Não se fiscaliza quem faz a segurança destes espaços, como nem se fiscalizam os próprios espaços de diversão nocturna - pelo menos muitos deles.


Ainda há bem pouco tempo vi um amigo meu todo "escavacado" e quando lhe perguntei que raio de acidente é que ele tinha tido, ele respondeu-me que tinha ido a um bar e que levou com umas garrafas de cerveja na cabeça e pelo corpo todo. Foi o que eu lhe disse "Estás a ver... devias era beber coca-cola. Pelo menos as garrafas são de plástico e o estrago era menor.".


Eu cá, quando sair à noite, vou vestido com aquelas armaduras de cavaleiro (de antigamente) - com capacete e tudo; assim tenho menos hipóteses de me magoar ao ponto de ficar a comer papinha e a beber por uma palhinha durante 3 meses.



Aqui o Sílvio saiu à noite e vejam o que lhe aconteceu... Confesso que ficou mais bonito...






Este foi o milésimo freguês do Bar "Olho inchado" e o que vêem é o prémio dele... Invejável. Também confesso que ligaduras e escoriações na cara "marcam pontos" com as babes.




A noite até é fixe... A maioria do pessoal é que a estraga.

Saiba o porquê do Mundial 2018 não se realizar em Portugal e Espanha.


 Para quem se está a perguntar "Porquê?", a resposta não poderia ser mais simples... Sabem quem é que tentou convencer o júri da FIFA? Para quem não sabe, a resposta é... Sócrates, o nosso Primeiro Ministro. Alguma vez o nosso mentiroso compulsivo iria enganar alguém com o mínimo de juízo? Como é óbvio, não enganou ninguém com as suas palavrinhas mansas e decoradas.

Ficarmos com o Mundial de 2018 depois do Sócrates "petar" era tão previsível como o Hitler, no seu tempo, dar catequese aos Judeus.

Às fontes que o Chachada Total teve acesso, foi-nos dito que assim que os altos responsáveis da FIFA viram o Sócrates a subir ao palco disseram logo "Para ir para os Portugueses, mais vale ir para a Rússia!". Pois, é que não sei se sabem, mas já alguém disse uma vez, depois de ter estado em Portugal, quando lhe perguntaram "o que achava dos Portugueses?", que "Os homens são baixinhos, gordos e de bigode. As mulheres são baixas, gordas... e também têm bigode.".  Pois é, este tipo que respondeu acertadamente à pergunta "O que acha dos Portugueses?", neste momento, já lhe poderia juntar mais um adjectivo bem verídico para definir os Portugueses - pelo menos os políticos - "Mentirosos".


Eu, realmente, não sou nada mentiroso... Pessoas ricas como eu que possuem prédios, vivendas, moradias de luxo, carros baixo topo de gama e etc, não precisam de mentir.

Por acaso, agora tenho que terminar este post porque vou ali queimar umas notas de 100 € (é o meu passatempo, ajuda-me a relaxar).


Bom Fim-de-Semana

Ainda penso em ti

Danito

JP:

Eu ainda penso em ti
Eu não sei como tu
Foste embora
E me deixaste aqui

Tu, eras tudo para mim
Eu não sei qual a razão
(tu nunca me explicaste)
Porque tu me deixaste

Ainda penso nos momentos
Que eras tu e eu
Me davas um sorriso
Diz-me o que aconteceu

O que eu não percebo
O que eu não entendo
Como pudeste partir?

Eu desespero, desespero
A pensar em ti
Olho para todo o lado
E penso que tu estas aqui
Baby Girl, não aguento mais
Por favor olha para mim e diz-me
Que me amas
Como eu te amo a ti

Danito:
Será que amar é palavra ou uma razão
Então porque é que o amor nos entrega a solidão?
Ou será que há diferença entre amar e paixão
Entre andar e uma relação
Tenho saudades de viver o mundo sem fim
Ver-te olhar para mim ter-te nos meus braços
Olhar para o céu
Dar um pensamento
Sentir o teu calor, como os raios do sol
Ver o vento levar as ondas pelo mar
Sentir o teu coração a bater
Como a lua, dá só um olhar
Não havia outro caminho
Eu não sei ultrapassar
E eu, levo a saudade comigo para o futuro
Recordação é bela
Fizeste parte de mim
São apenas dias, minutos e horas
Que me separam de ti.

JP:
Eu desespero, desespero
A pensar em ti
Olho para todo o lado
E penso que tu estas aqui
Baby Girl, não aguento mais
Por favor olha para mim e diz-me
Que me amas
Como eu te amo a ti

Danito:
Eu sei que amei, mas não foi essa a razão
Cada hora, cada dia era discussão
Não era frio mas partiste o meu coração
Tanta promessa, sei que tudo foi em vão
Então, porque é que me deixaste nesta solidão?
Não, não pensaste
Não seguiste o teu coração
Os teus olhos não enganam
Ainda me amas?
Tu não dizes que sim
Mas também não sabes dizer que não

JP:
Eu não sei mais o que fazer sem ti
Explica-me o mal que eu te fiz
Já não sei mais o que é amar
É só ao teu lado que eu quero estar

Eu desespero, desespero
A pensar em ti
Olho para todo o lado
E penso que tu estas aqui
Baby Girl, não aguento mais
Por favor olha para mim e diz-me
Que me amas
Como eu te amo a ti.
Beijinhos para a minha fofinha

Um jogo para treinarem a vossa inteligência.

 Este jogo é mais difícil do que parece. Consiste em identificarem qual é a Lésbica. A foto está já abaixo:




 Eu sei que este teste exige muito de nós, eu próprio ainda não descobri qual delas é a Lésbica, mas parece-me que é uma das que está a rir... Se a pergunta fosse "qual a mais bela?", escolheria a jovem da direita, sem dúvida. É de cortar o fôlego.

Declarações de Taylor Momsen

Taylor Momsen é uma jovem que, ao que parece, entra numa série televisiva, "Gossip Girl". Aqui está ela:



E aqui estão as suas mais recentes declarações:

Taylor Momsen, que veste o papel de Jenny Humphrey na série ‘Gossip Girl', diz estar cansada dos homens e que, de momento, a sua vida sexual está concentrada só no uso de um vibrador.

Se a criança quer usar um vibrador e os pais a autorizam, por que não? Quanto ao ela estar farta dos homens... Só me apraz dizer isto "Com 16 anos? Já?". Temo que aos 20 ela mude de sexo...
  

"Sou católica, sim. Já fiz sexo com um padre"

No entender desta jovem, fazer sexo com um padre faz dela católica... Se fizer sexo com um diabético tornar-se-á diabética?!


A própria diz também, que nunca circula sem uma arma branca e que até anda de avião com as suas inseparáveis facas.

Já eu nunca saio de casa despido... Se vieres a Portugal aconselho-te mesmo a trazer as facas. Agora em Inglês para ela perceber: If tu vingues tu Americal, trazei-te tus naifes... Becóse tu podei-te ser assaltei-te, okei? 


Momesen revelou ainda que o seu passatempo favorito é abrir e fechar um canivete, que também anda sempre com ela na bolsa. "É muito relaxante", sublinhou a jovem beldade.

Ora nem mais. Quem é que não gosta de passar o tempo a abrir e a fechar um canivete? Acho que todas as pessoas normais o fazem. Eu até costumo ir para o campo ver o pôr-do-sol enquanto abro e fecho o meu canivete, é lindo.

Aqui ficam mais umas fotos da doente:

Nem vou perguntar onde é que ela colocou as suas facas... Só de pensar até me arrepio.



Aqui nesta foto, ela está a chorar porque provavelmente perdeu as suas facas...

Mecânico




Hoje em dia, ir ao mecânico é quase a mesma coisa que ir ao hospital fazer exames e saber depois os resultados; deixamos o carro à do mecânico para realizar "exames" e depois ficamos à espera do diagnóstico.

Ouvir o diagnóstico do nosso carro é o equivalente a ouvirmos o nosso diagnóstico junto do médico "O Sr. tem o rotor fanado, e o catalisador. A matrícula tem de ser mudada porque não faz cafés, os pistons estão estragados e o motor está quase a dar o berro.".. Depois disto, nós pensamos que se calhar mais valia morrermos - no caso, matar o carro -; era mais simples e menos dispendioso. Foi a situação que me aconteceu hoje.

O meu carro esteve perto da morte "N" vezes, e eu, como bom rapaz, lá o fui mantendo vivo... (com muito custo - e €). Hoje, mais uma vez, o seu diagnóstico foi de doença "grave e prolongada", juntando-se a tudo isto  o preço elevado para o manter "vivo". É nestes momentos que tenho saudades do tempo em que se andava de carroça puxada pelos burrinhos ou cavalinhos...

Se o meu carro tivesse pescoço, eu já o tinha esganado. Gasto mais dinheiro por causa dele do que por outra coisa qualquer. E por acaso ele interessa-se por mim? Não, zero de interesse. Esta relação entre mim e o meu carro ainda vai acabar mal. Qualquer dia vou dizer-lhe das boas, ai se vou!

Tenho muito a mania de o comparar aos outros. Ainda hoje, depois de sair do mecânico, lhe disse "Vês aquele mini? Vês?! Devias ter era vergonha no tubo de escape e ser como ele... Trabalhares bem e seres um carro tipo o Kitt, da série o Justiceiro!", e ele respondeu com um roncar de motor, parando logo de seguida no meio do trânsito, em plena hora de ponta... Sou mesmo especial, e o meu carro também.

Com todos estes problemas acho que vou comprar um triciclo, ou então começo mesmo a andar de bicicleta... Sempre fica mais barato, económico e ainda exercito o meu joelho deficiente...

Pulseiras Power Balance multadas por "publicidade enganosa"






A empresa que comercializa as pulseiras Power Balance, que prometem melhor equilíbrio, força e flexibilidade, foi processada pela Câmara de Andaluzia por publicidade enganosa, de acordo com um comunicado da delegada de Saúde do Concelho de Málaga, María Antigua Escalera.

A sociedade de consumo, Facua, informou esta quarta-feira a decisão da Câmara de processar a empresa Power Balance S.L, que já vendeu cerca de 300 mil pulseiras em Espanha, facturando um total de 10 milhões de euros.

Vários atletas, celebridades e políticos, entre os quais o jogador português, Cristiano Ronaldo, têm usado estas pulseiras, que segundo a Facua são uma "fraude" pois  a empresa que as vende atribui soluções "milagrosas", que "obviamente" não se tem realizado.

A sociedade de consumo ainda protestou quanto à sanção atribuída, porque o dinheiro que a Power Balance S.L faz em algumas horas, seria o suficiente para pagar mais do que 15 mil euros.

A Andaluzia, após retirar do mercado todas as pulseiras, multa agora quem ainda as vende, considerando "uma fraude em detrimento de outra. A multa pode chegar ao 400 mil euros se alguém infringir a lei".

No final de Abril a  Facua denunciou o caso ao Ministério da Saúde, que encaminhou a reclamação para a  Delegação Provincial da Saúde de Málaga, realizando assim a sanção de 15 mil euros à empresa que vende as pulseiras.






Epá! Não acredito nesta notícia... Então agora dizem-me que as pulseiras não nos dão qualquer tipo de equilíbrio? Nem mental?!

Que raio... E eu que comprei tantas. Na verdade, continuei sempre a sentir-me desequilibrado... Mas com mais estilo. Passei a usar as pulseiras em todo o lado: nos tornozelos, nos pulsos, no pescoço... E uma vez ainda tentei colocar uma no... a... vocês sabem do que eu estou a falar.

Logo eu que previ um sucesso enorme aquando do aparecimento destas pulseiras - como podem constatar ou relembrar aqui. As pessoas precisam de ter algo que as engane constantemente, e se esse "algo" lhes der estilo, como uma pulseira, por exemplo, isso serve às mil maravilhas. Todos querem ter uma imagem exterior linda; no interior pode ser-se a maior monstruosidade que ninguém se incomoda.

Vi centenas de pessoas a usar e a comprar dessas "pulseiras Deus" e o certo é que não vi milagres. Talvez o único milagre que vi, e que já está "batido", é o milagre da estupidez de quem compra este tipo de produtos a pensar que realmente fazem aquilo que é publicitado.

Podem-me dizer "Toda a publicidade é enganosa"; esta afirmação até é capaz de ser verdade, mas também há os que sabem enganar quase todos - os que não se deixam enganar são os mais atentos... E há aqueles que se deixam enganar por todos.

As pulseiras power balance são foram mais um dos muitos enganos a que somos sujeitos diariamente. Lá está, uns enganam-nos mais à descarada, outros menos. Também que ninguém pense que nunca é, foi, ou será enganado. O facto de se pensar assim, por si só já é um engano.

Qualquer dia aparece aí "o chapéu inteligente" - quem o usar irá ser presenteado com mais 50% de inteligência - ou a "T-shirt Amiga" - quem utilizar a t-shirt amiga poderá dialogar horas e horas a fio com ela, e só terá que fazer uma pausa para a lavar.

Já alguém dizia que este Mundo era um circo e nós os palhaços... Alguém duvida?




P.S.: Ía-me esquecendo de dizer que as pulseiras até dão algum equilíbrio... Aos móveis. Coloquei duas pulseiras debaixo dos pés de uma cadeira, e outras tantas debaixo do pé da mesa da cozinha... Até agora não tenho queixas, está tudo equilibrado.

Bom fim-de-semana...

Amor Que Não Tem Fim
 


Amor Que Não Tem Fim

JP

Composição: JP
 
Se eu fosse Deus faria com que fosses minha
Tornava me rei e tu a minha rainha se
Tu fosses o mar nadava fundo para te encontrar
Faria de tudo só para não te magoar
E se eu pudesse faria do sol o teu olhar
Para que um dia perto de ti eu possa brilhar
Mas eu sei que entre nós 2 não há nada a fazer
Por isso peço te por favor deixa me dizer

(refrão)
Deixa me dizer que és tudo para mim
Que farei tudo só para te ver feliz
E tu sabes que para mim...(sabes que para mim)
 És um amor que não tem fim
Quem me dera ser mosca e à noite olhar para ti
Puder te observar e ver o que fazes sem mim
Quem me dera dentro de ti puder estar
E ver se antes de dormir é em mim que estas a pensar
Se eu pudesse pedia para os teus lábios tocar
Dizer te bem baixinho é contigo que quero estar
Mas eu sei que entre nós 2 não há nada a fazer
Por isso peço te por favor deixa me dizer

(refrão)
Deixa me dizer que és tudo para mim
Que farei tudo só para te ver feliz
E tu sabes que para mim...(sabes que para mim)
  És um amor que não tem fim
Se eu pudesse explicar tudo o que sinto por ti
E sabes bem que para mim este amor não tem fim...

(refrão)
Deixa me dizer que és tudo para mim
Que farei tudo só para te ver feliz
E tu sabes que para mim...(sabes que para mim)
  És um amor que não tem fim
No No No No

Quem Me Dera Puder Todos Os Dias Te Acordar
Quem Me Dera Todos Os Dias Ver Te Deitar
Quem Me Dera À Noite O Teu Corpo Puder Tocar
E Pensar Que Sorte É Para Sempre Te Amar
Mas Eu Sei Que Entre Nos 2 Não há  Nada A Fazer
Por Isso Peço Te Por Favor Deixa Me Dizer

(refrão)
 Deixa me dizer que és tudo para mim
Que farei tudo só para te ver feliz
E tu sabes que para mim...(sabes que para mim)
  És um amor que não tem fim



Beijinhos para a minha fofuxa

O dia em que o nosso Primeiro Ministro não podia mentir...



Reparem que o patareco, depois de dizer "POBRE", tenta redimir-se dizendo "rico", mas só conseguiu soltar uns três "PO...Po... Po..", seguidos de um sempre eticamente correcto "Solidário". 

Isto é que foi um "Épic fail"... É o que dá tentar mentir logo no único dia, na sua vida, que tal não era permitido.

Pedro Passos Coelho, o pobre.

Pedro Passos Coelho: “Só há prenda para a mais nova”




Para Pedro Passos Coelho a crise está instalada e há que poupar, principalmente na hora de comprar presentes de Natal. O líder do Partido Social Democrata confessa que este ano se viu obrigado a fazer "uma poupança forçada" e reduziu a sua lista de presentes à filha mais nova, Júlia, de três anos, e aos sobrinhos.

As suas outras duas filhas, Catarina, de 18 anos, e Joana, de 23, assim com a filha da sua mulher Laura, Teresa, de 15, não terão nada para desembrulhar à meia-noite de dia 24 de Dezembro.

"Só há prenda para a mais nova, as outras já não são crianças. Os adultos este ano não têm presentes porque não há meios para isso", revelou o líder do PSD à margem do lançamento do livro de Luísa Castel-Branco, ‘Para Ti'.

(in correio da Manhã)


É lamentável ao que isto (crise) chegou... Então não é que o Líder do partido Social Democrata só vai poder dar prendas à sua filha de 3 anos (não o fazendo aos outros filhos) por causa da crise?

Ópá, que chatice... Estão a ver a filha de 15 anos, em Janeiro, dizer às amigas que não recebeu nada porque o papá é pobrezinho?! Quase que apostava que as suas coleguinhas (se calhar a maioria até é sem-abrigo - não me admirava nada) vão ter presentes na mesma.

Reparem na roupa do Sr. Coelho e da sua mulher, a Sra. Coelha... Tenho pena que estes políticos tenham que andar com roupa que vão buscar àqueles contentores de solidariedade, para onde nós mandamos a roupa que não queremos vestir - e que, por sinal, tem sempre uma nódoa ou um pequeno rasgão.

  Desconfio que a próxima notícia que irá sair sobre o Pedro Passos Coelho, vai ser a de uma conta bancária de solidariedade que irá ser aberta, e todos os donativos irão reverter para ele e a sua pobre família que mal consegue sobreviver... Nem presentes vão ter neste Natal      :_o(    SNIFFFF!

A vida de político é mesmo ingrata. Todos eles têm que se contentar com mansões com piscina, reformas douradas, cursos concluídos ao fim-de-semana, contas bancárias recheadas de dinheirinho à pála dos "ricos" que somos nós, grandes carros topo de gama, jardineiros, criados/as, cozinheiros, seguranças, etc, etc... Dá mesmo para chorar. 

A minha alma até está mais parva do que o habitual... "A família Coelho não vai ter presentes neste Natal"... Coitados... Eles não têm nada. Pelos vistos, não sou o único a não receber nada.

Eu não me importo de não receber presentes pelo Natal. Eu quero é viver e estar bem de saúde para poder trabalhar que nem um escravo, ser insultado e gozado pelos patrões, ser mal pago, ter que fazer mais horas do que o estipulado e sem receber o dinheiro "extra"...

Quero ter saúde para não passar 8 horas na sala de espera de um hospital, e depois desse tempo de espera, ainda ser mal atendido pelo médico/a porque lhe interrompi o visionamento da telenovela - sujeitando-me também a que no caso de ir com o braço direito partido, sair de lá com um papel a indicar que é o esquerdo...

Eu quero é ter saúde para continuar a meter nojo, como faço desde 1979, mas sempre com um sorriso nos beços. Eu quero ter saúde para poder dar com uma mão aberta e outra fechada na cara dos hipócritas que me rodeiam diariamente ,e outros, de vez em quando.

Eu quero é ter saúde para poder continuar a mandar os meus bonitos "clones" pela sanita abaixo enquanto leio um livro do Pato Donald.

Eu quero ter saúde para continuar a dizer a muita gente que não quero a sua falsa amizade, que não gosto de cópias de imitações baratas e mal feitas.

Eu não quero é que um palhaço como este Pedro Passos Coelho, que ganha  milhares de €, venha gozar com a cara de quem não tem um tusto nem para coçar a micose. Ele acha mesmo que vamos acreditar na conversa do "O Rei vai nu!"? Muitas coisas já nós tivemos de ver sem termos visto, outras querem-nos obrigar a não ver, dizendo que é outra coisa diferente daquela que nós vemos... Confuso?!

Isto é simples. Estes gajos gozam connosco à força toda.

Bom... Eu, como não sou de intrigas, denoto nas declarações do Pedro Passos Coelho, um tratamento preferencial à filha de 3 anos (e aos sobrinhos), em detrimento da enteada de 15... Então por que é que não oferece um presente à jovem de 15 anos em vez de o fazer à filha de 3?  É que um jovem de 15 anos "sabe" o que é o Natal e, sendo a adolescência uma fase complicada - eu sei disso porque ainda a estou a ultrapassar - , pode deixar-lhe marcas na personalidade. Por que é que não lhe oferece uns pensos (ihihih) da "evax fina e segura", ou um cd do Zé Ovelha, ou Cabra, ou lá o que é? Hoje achei 1€, sempre posso ajudar...

 Agora... Alguma vez os putos com 3 anos sabem em que época estamos? Com 3 anos acreditam em qualquer coisa que lhes dissermos. Se lhes disséssemos que estávamos na Era do Paleolítico, eles acreditavam... Querem lá eles saber... Eles querem é comer e cagar nas fraldas. Estar-se-lhes a dizer "Toma lá uma prenda!" e "Feliz Natal!", é para o lado que eles cagam melhor.

Olha, ó Pedro Passos Rabbit, perdeste foi uma oportunidade única de parecer inteligente ficando calado. Pobrezinho... A única coisa que tens de pobre é o espírito.

Vai lá gozar p'rá "toca" da tua mãe, de onde nunca deverias ter saído.

Cavaco, o terrorista

Cavaco dá lição sobre crise a Obama

Cavaco Silva revelou este domingo, à margem da visita ao Hospital de S. João, no Porto, que explicou a Barack Obama que a crise económica em Portugal não é tão grave como a da Irlanda e da Grécia.
(In Correio da Manhã)




E esta, hein?! Afinal está tudo bem em Portugal... Na Irlanda é pior...  Eu sei que os nossos governantes acham que somos todos burros, e que tudo aquilo que eles dizem nós acreditamos... Vamos lá a ver se acredito no que ele disse ao Buraco Obama...

Comecemos pelo ordenado mínimo na Irlanda. Sabiam que lá, o ordenado mínimo é de 1.462 €? Se calhar alguns desconheciam. Sabem quanto é que é o ordenado mínimo em Portugal? Eu respondo: 450€. E que tal? Quem está pior?

Vendo bem, é só uma diferença de 1000 e poucos €uros que nos separam. Portanto, das duas três: ou o Cavaco é Burro, ou o Cavaco julga que somos todos burros, ou então deve achar que o preço de uma renda de casa (de uma casa razoável), em Portugal, é de 10€, o gás 2€, a gasolina 0.50 cêntimos e a electricidade 5€... Esperem lá... Não pode ser esta última hipótese, é que na Europa , e nestes serviços, os Portugueses são os que mais pagam - fora noutros serviços, como a educação, saúde, etc.

Aqui o Chachada Total foi investigar o que raio é que o deficiente do nosso Presidente foi ensinar, de verdade, ao Obama.

Segundo o que consegui apurar, o que o "Def" ensinou ao Obama foi como levar um país à miséria, escravizando o seu povo e não o deixando "piar". Ensinou ao Obama como aumentar a violência num país pacato como ERA o nosso. E acima de tudo, ensinou ao Obama como se fingir viver numa democracia mas governar-se como uma ditadura, e bem dura que ela é...

 Reparem na foto que está ao pé da notícia. Reparem na cara sisuda, altiva e de professor - depois de ensinar o óbvio ao aluno - do Cavaco, que contrasta com uma cara mais alegre, mas um alegre amarelo, de como quem diz... "Epá, você está de parabéns, mas por mais que eu tentasse não conseguiria fazer tudo isto que você fez ao povo Português. É que o meu povo é burro, mas não é tanto.".

O que o Chachada Total também apurou é que o Nosso Presidente também deu formação a um tipo de nome "Bin Laden"... E todos sabemos no que deu... Acho que os maiores terroristas estão aqui em Portugal e ninguém os prende.

Zangas numa relação

 Quem é que nunca se chateou, no casamento ou namoro, com o/a parceiro/a?




Eu conheço uma relação de cerca de 5 anos que terminou... E vocês perguntam-me "Porquê?". Terminou porque o casal não tinha zangas.

Já sei que estão a pensar "Lá está ele com as piadinhas de mau gosto e sem graça nenhuma", mas acreditem que é verdade. Não sei se posso chamar ao rapaz de amigo, ou se só o chamo de conhecido, não interessa - isto hoje em dia é difícil de especificar se determinada pessoa é amiga (ou já foi) ou conhecida . O certo é que ele terminou o namoro de cerca de 5 anos alegando que "Nunca nos chateávamos, não dava pica.".

Chego sempre à conclusão que me dou sempre com pessoas muito interessantes...

De certa forma, até compreendo o porquê da chatice de não se ter uma zanga numa relação... Sem zanga já não poderemos ter "sexo" de reconciliação, o que torna tudo muito mais chato. Na minha relação de sonho, que tenho com a minha princesa, não prescindo de uma boa zanga, pelo menos uma por mês. Todos os anos assinalamos os dias em que nos devemos zangar, para depois, como se de um filme se tratasse, nos podermos beijar como nas telenovelas mexicanas dobradas em brasileiro...

Depois do beijo "aka" telenovela mexicana dobrada em brasileiro, fazemos "amor" louco e apaixonado, experimentando todas as posições do Kama-Sutra e reinventado outras. Aconselho todos os casais a terem uma zanga por mês, pelo menos.

Quanto àquele meu amigo/conhecido já sei o que nunca lhe desejar. Quando se casar, desejar-lhe as "felicidades" está fora de questão; penso que ficará melhor dizer-lhe "Olha... Que tenham muitas zangas...". Se calhar, começa a fazer algum sentido o porquê de certas mulheres e, em raros casos, homens, levarem na "corneta", serem rebaixados/as, ofendidos/as e continuarem ao lado dos parceiros...

Fará sentido aquela máxima do "Quanto mais me bates mais gosto de ti"?!

Uma vez ouvi um homem bater na mulher, em casa e, no dia seguinte, ouvi a mulher contar a uma outra que o que se tinha passado na véspera tinha sido uma demonstração de amor por parte do marido... Ah pois...

Por aquela lógica, a minha namorada deve-me amar imenso... Depois de ouvir aquela mulher dizer aquilo à outra, quis demonstrar à minha "mais-que-tudo" todo o amor que sentia por ela, e tentei espetar-lhe uma coça com o meu cinto da "Bertolluchi"... Ela ripostou-me com umas valentes punhadas na cara, com um "punho Inglês"... Partiu-me duas costelas - uma já está boa, a outra está a assar -, partiu-me uma perna e um pé e ainda levei 30 pontos na cabeça. Isto sim é amor!

À pála disso, ainda tive a sorte de ser o milionésimo "freguês" das urgências naquele dia, pelo que só tive de esperar 7 horas para ser atendido.

A minha sugestão é que deixem de colocar aquelas frases parvas, do género "I Love You", estampadas nas camisas, nas mesas, muros, paredes, portas, etc, e as troquem por um muito melhor e assertivo "I Bate You". Tem ou não tem maior significado?!

Zeca, o doente.



Zeca de regresso ao trabalho

"Após deixar a clínica de reabilitação onde esteve internado durante os últimos três meses, José Carlos Pereira está de regresso ao trabalho. Actor prepara-se para contracenar com Rita Pereira na telenovela ‘Anjo Meu’, cujas gravações arrancam no início de 2011."
(In Correio da manhã)



Por acaso tenho bastante pena deste pateta... Teve azar... Apanhou uma doença gravíssima que por aí anda, o "Alcoolismo". O alcoolismo apanha-se muito nos dias de hoje, especialmente no Outono/Inverno e, principalmente, quando estamos a dormir destapados numa terça feira à noite mas na parte da manhã.. Mesmo à hora do lanche, não sei se estão a ver...


 Não percebi bem a parte do título que diz "Zeca de regresso ao trabalho", qual trabalho? Vai na volta é pedreiro... Pensava mesmo que o trabalho dele era o de fazer figuras patéticas por este Portugal fora, afinal enganei-me.

 É caso para dizer "Ó Zeca vai lá fazer o levantamento da caneca.".

Não vou poder ser Astronauta...

Primeiro que tudo, gostaria de pedir desculpa pela longa ausência. Gostaria também de vos dar uma boa explicação, mas a única mentira que me lembro de vos dar como desculpa é a de que este blogue foi ameaçado por terroristas... Ameaçaram rebentar-me com o bulogue... Por isso é que eu deixei de cá vir durante uns dias, não fosse isto explodir-me na cara - logo ela que já não é muito bonita.

 Se por acaso, a alguns de vocês, aconteceu o caso deste bulogue lhes ter explodido na cara, ficam aqui os meus desejos de melhoras rápidas... Se por acaso alguém tiver morrido, lamento. Sei que é lixado ficarmos fechados numa caixa de madeira de pinho com dois metros de terra por cima... É algo claustrofóbico.

Os terroristas "Talibans" estão para os Iraques e companhias como os "Netibans" estão para os bulogues... É só violência...

Bom, pedidos de desculpas feitos e mentira dada... É hora de se prosseguir com o assunto que aqui me traz.

Enquanto tomava o pequeno almoço, ao meio-dia e meia, com a minha mulher amada - e que eu forço com violência física para que me ame também -, cheguei à triste conclusão que não poderei, NUNCA (lágrimas caem-me pelo rosto enquanto escrevo), ser um Astronauta... A minha namorada, só para que vejam, é mesmo especial e a melhor do Mundo. Quando lhe contei isto tudo que estava a pensar... Sobre a diarreia e os gases, ela até perdeu o apetite e ficou mal disposta... Tadinha, ficou abatida com a notícia e partilhou da mesma dor que eu.

E porquê?

Porque sou intolerante à lactose...  E como todos sabem, no espaço, existe a via láctea... Logo, não suportaria lá estar - seria acometido por  um brutal ataque de "gases" e, possivelmente, morreria sufocado por engolir a minha própria diarreia, que encheria o meu fato de Astronauta. Como podem ver, sou um azarado... Leite no meu sistema digestivo é como o Bibi a educador de infância; não se adequa.

Choremos, irmãos...



Bom  resto de Fim-de-Semana



Quien no tuvo en la vida
Un fracaso de amor, una desilusión
Quien es
El que nunca dio abrigo
A una amarga tristeza en su corazón
Aquel
Que no fue por lo menos
Un día en la vida
Juguete de amor
Quizás
Asegure tal vez
Que en asuntos de amor
Ya sabe quien es quien
Quien es aquel
Que no busco momentos felices
Para olvidar un poco lo triste
De una gran decepción

Si un amor ardiente se nos marcha de repente
Nace la llama de un dolor sentimental
Quien me ve llorando
Notara que estoy amando
Pues de verdad
Yo también soy sentimental

Que no fue por lo menos
Un día en la vida
Juguete de amor
Quizás
Asegure tal vez
Que en asuntos de amor
Ya sabe quien es quien
Quien es aquel
Que no busco momentos felices
Para olvidar un poco lo triste
De una gran decepción
Si un amor ardiente se nos marcha de repente
Nace la llama de un dolor sentimental
Quien me ve llorando
Notara que estoy amando
Pues de verdad
Yo también soy sentimental

Os donos e os seus cães

 Alerto-vos para uma pequena curiosidade: estudos realizados dizem-nos que os animais, neste caso os cães, tendem a adoptar a personalidade dos Donos e a imitá-los. Ao contrário do que seria expectável, os cães não são muito inteligentes... Logo, os seus donos não são muito inteligentes. É a conclusão a que chego.

Mas isto não acontece com todos... Eu jogo às cartas com os meus cães, falamos dos temas da actualidade, dançamos, pulamos, vamos ao café e vemos televisão. Aos fins-de-semana vamos ao "Karaoke". A minha cadela "Rosinha" sabe quem assassinou o Kennedy e sabe onde se encontra o Bin Laden.

Desde que partilho o meu espaço com eles, noto diferenças em mim e, especialmente, nos meus hábitos. Passei a gostar de dormir na cestinha deles (eles dormem na minha cama). Curiosamente, já não consigo articular muitas palavras num diálogo - por outro lado eles falam fluidamente -, e de vez em quando solto uns "AU! AU!" ou uns "RUFF! RUFF".... Começo a achar estranho.

Eles fazem as necessidades fisiológicas na casa de banho... Eu gosto mais de me aliviar na rua... Gosto de escavar buracos e esconder coisas neles... Também gosto de desenterrar coisas...

A minha namorada também anda chateada comigo... É que um dia destes, e sem eu saber explicar porquê, comecei a fazer movimentos pélvicos na sua perna, enquanto a segurava e fazia sons esquisitos... Ela agora, para eu não a chatear, anda sempre com uma bola no bolso e, quando quer, atira-a para longe para eu a ir buscar.

Bizarro, bizarro é a minha vizinha da frente querer que eu pague uma pensão de alimentos à sua cadela. Alegadamente, diz ela, sou eu o pai dos 5 cachorrinhos que a sua cadela teve à pouco tempo. Diz mesmo que os cães têm o meu focinho... Para o comprovar, ela até mandou uma foto, mas... Pode ser a cara de qualquer um.


Depois de ter visualizado bem a foto, até vos confesso que não deixa de ser um cão bem parecido... Mas qualquer semelhança comigo só pode ser pura coincidência. O meu maior receio é fazer o que muita gente, e muitos cães, fazem... Cheirar o cu aos outros. Há muita gente que o faz, e vocês sabem do que é que estou a falar...

Bom... Só sei é que as pessoas cada vez estão mais burras, eu é que não. Ainda bem que os meus cães têm um dono inteligente.

PlasticZé, o ícone das belas Artes

 Ora viva, meus caros(as) e coroas!

Hoje gostaria de partilhar convosco um pouco do meu talento. Como tempo livre é o que não me falta, dedico o meu tempo a actividades super interessantes, como por exemplo: dormir, comer, comer, dormir, comer, comer, dormir... Dormir, comer, dormir, dormir, comer... Entre muitas outras coisas!

Quando tenho o privilégio de ter pessoas com um Q.I. Igual ou superior ao meu, em minha casa - como é o caso da minha sobrinha de 2 anos - gosto de lhes demonstrar que o seu tio, neste caso, ou o seu anfitrião, noutros casos, não é um qualquer tipo que por aí anda, não.  Sou um autêntico artista! Escrevo isto com toda a modéstia, até estive para não o escrever (só para verem a minha modéstia, que é a todos os níveis brutal).

Esta conversa toda é só para vocês terem a noção do artista que há em mim... O pior de tudo é que, sendo um grande artista (e reconhecidíssimo, pelo menos por mim), sou mal compreendido e, muitas das vezes, as pessoas não dão o devido valor às minhas "obras primas".

Tenho um trabalho que fiz, em plasticina - que vai figurar, dentro em breve, no museu do Louvre - à conta do qual tenho sido alvo de chacota de todos... Mas esta gente não tem é cultuuuura... Esta gente não consegue distinguir uma ovelha de um sapo, ou um esfregão de um bidé, muito menos sabem de arte...

Eu deveria chamar-me, em vez de Miguel Ângelo,  "Miguel Arte" porque a arte vive em mim e eu vivo na arte - não confundir com Marte. Arte deveria ser, de facto, o meu nome do meio.

Antes de vos mostrar a minha obra prima (talvez a primeira das 8 maravilhas do Mundo) quero só deixar claro que a minha sobrinha ADOROU... E vocês sabem que as crianças são muito sinceras...

Aqui vai...










Vendo este óptimo trabalho só me lembro de algumas palavras: "Fantástico", "Sublime", "Maravilhoso", "Orgásmico" ... Entre outros.

Este trabalho tem um nome de "Guerra": "PlasticZé". O PlasticZé foi um projecto esquematizado, estruturado e estudado anos a fio por mim. Até atingir a perfeição, que agora podem observar com os vossos próprios olhos, sofri imenso... A desconfiança e o não acreditar que poderia concluir este projecto esteve sempre presente. Mas consegui!

Reparem nos acabamentos, os retoques, na presença do PlasticZé, na sua imponência. Notem a fusão de diversos animais, o cruzamento de espécies... Neste PlasticZé conseguem mesmo descobrir diversas espécies de animais, como o Cão, o Morcego, Coelho, Mosquito, Mosca, Papa-Formigas, Tartaruga, Camaleão, Gato, Crocodilo, Rinoceronte... E muitos mais.

Se por acaso se sentirem excitados ao observar esta obra de arte, é algo perfeitamente normal. Peguem nos vossos parceiros(as) e despejem esse "excesso". O PlasticZé foi desenhado para ajudar os casais com problemas sexuais... Depois de meia hora a olharem para este afrodisíaco, a produção de testosterona aumenta até níveis nunca antes vistos.

Isto é melhor do que o Viagra e cura algumas doenças. Tenho uma tia que andava de cadeira de rodas e no dia em que lhe mostrei isto ela levantou-se e saiu porta fora a pedir misericórdia, enquanto eu lhe dizia "Tia está curada!" e ela me respondia "Tu é que não!".

 Também é óptimo para caçar ratos (lembram-se de eu ter escrito por cá que devia ter um em casa?)...  Quando mostrei à minha mãe o projecto do qual lhe falava, e onde gastei  maior parte do tempo da minha vida e todo o poder económico da minha família, ela caiu e... Mesmo em cima do rato... O Rato vai a enterrar amanhã e a missa é uma semana depois. Estão todos convidados.

Esta verdadeira obra prima também serve para vos desviar dos problemas do dia a dia e do stress,  fazendo-vos "focalizar" única e exclusivamente no possível problema mental do seu autor.

Em suma, valeu a pena finalizar esta obra, pois no fim ainda curei a minha tia e cacei um rato.

Não neguem à partida uma arte que desconhecem.



Putting Holes in Happiness



Putting Holes In Happiness

Marilyn Manson

Composição: Marilyn Manson
 
The sky was blonde like her. it was a day to take the child
Out back and shoot it.
I could have buried all my dead up in her cemetery head.
She had dirty word witchcraft.
I was in the deep end of her skin.
Then, it seemed like a one car wreck, but I knew it was a horrid tragedy.

Ways to make the tiny satisfaction disappear.

(chorus)
Blow out the candles on all my frankensteins.
At least my death wish will come true.
You taste like Valentine's and we cry, you're like a birthday.
I should have picked the photograph
it lasted longer than you.


Putting holes in happiness.
We'll paint the future black if it needs any color.
My death sentence is a story.
Who'll be digging when you finally let me die?
The romance of our assassination.
If you're Bonnie, I'll be your Clyde.
But the grass is greener here and, I can see all of your snakes.


You wear your ruins well please run away with me to hell.
Blow out the candles on all my frankensteins.
At least my death wish will come true.
You taste like Valentine's and we cry, you're like a birthday.
I should have picked the photograph
It lasted longer than you.



Bom Fim-de-Semana.